Vereadores recebem sugestões para otimizar projeto que pretende parcelar débito milionário com IAPSS

Representantes da sociedade civil poderão expor suas críticas e sugestões para auxiliar a Câmara de Vereadores na análise de um projeto extremamente complexo e delicado.

As Comissões de Orçamento e Finanças, Justiça e Redação e Direitos dos Servidores Públicos Municipais presididas pelo Vereador Luiz Gustavo Galluzzi (PMDB), Vereador Maicon Paschoal (PSC) e a Vereadora Marcella Raposo (PP), respectivamente, estarão recebendo sugestões a partir da próxima semana com objetivo de otimizar o projeto de lei n°048/2017, que solicita autorização legislativa para realizar o parcelamento da dívida previdenciária do município junto ao IAPSS – Instituto de Aposentadorias e Pensões dos Servidores Públicos Municipais de Sapucaia no valor de R$107.779.593,94 (cento e sete milhões, setecentos e setenta e nove mil, quinhentos e noventa e três reais e noventa e quatro centavos).

Os representantes do Conselho Deliberativo do RPPS, além de servidores e representantes da sociedade civil poderão expor suas críticas e sugestões para auxiliar a Câmara de Vereadores na análise de um projeto extremamente complexo e delicado que traz muitas incertezas para servidores e administradores da cidade.

Na última segunda – feira (09/10) o servidor Josafá Magiole, membro do Conselho do Instituto, pediu para utilizar a Tribuna Livre para falar sobre o projeto, porém por decisão do Vereador Warner Pereira Gomes (PMDB), presidente do parlamento, teve seu pedido negado pelo simples fato dos vereadores ainda não estarem totalmente inteirados do teor do projeto, não sendo aquele momento oportuno para abordagem de tema tão relevante para sociedade sapucaiense, que a partir da próxima semana terá a oportunidade de se manifestar junto às comissões.