Eleito governador do Rio, Wilson Witzel, passou por Sapucaia durante pré-candidatura prometendo apoio ao turismo para o interior.

Em visita a Câmara Municipal Witzel foi recebido por populares e vereadores em pré-campanha.

O ex-juiz federal Wilson Witzel (PSC), eleito governador do Estado do Rio de Janeiro no último domingo (28/10), teve sua passagem por Sapucaia marcada pela promessa de garantir investimentos para o turismo do interior.

Recebido por populares e vereadores na Câmara Municipal de Sapucaia durante sua pré-campanha, Witzel visitou o plenário Edson Rampini juntamente com o deputado federal Felipe Pereira (PSC) e fez elogios às belas paisagens do interior, que segundo ele, possui um povo muito acolhedor. Na ocasião, o pré-candidato que figurava apenas como mais um ao governo do Rio, já se mostrava otimista em relação a sua candidatura falando de sua prioridade em alavancar o turismo no interior com vistas a garantir o seu desenvolvimento.

– Temos um grande projeto de turismo para o Estado, onde precisamos fazer com que este turismo chegue ao interior e com isso precisamos fazer com que os nossos aeroportos funcionem, os aeroportos regionais idem, as nossas estradas estejam bem pavimentadas e tudo isso requer um planejamento que estamos fazendo.

O advogado paulista de Jundiaí que nunca concorreu a cargos políticos, tendo sido fuzileiro naval e juiz federal, cargo que exerceu por 17 anos, se reuniu com a Mesa Diretora da Câmara e falou de suas pretensões caso fosse eleito governador, prometendo que o turismo seria uma área prestigiada. Para Witzel, melhorando a segurança pública, mais turistas virão para a capital e também para o interior. Temos vários festivais por várias cidades do interior. Precisamos que o turista conheça todas as áreas do estado – afirmou Witzel aos vereadores sapucaienses.

O candidato do PSC que teve uma ascensão surpreendente nas pesquisas de intenção de voto no primeiro turno e venceu as eleições para governador do estado do Rio no segundo turno, obteve 6.395 votos com 66,41% da votação sapucaiense.

Foto: Alex Oliveira/Folha Popular