Câmara de Sapucaia aprova Projeto que prevê análise da água utilizada por escolas e creches municipais

Prefeitura será obrigada a avaliar melhor a qualidade bacteriológica da água, proveniente de poços e da rede de abastecimento.

O Projeto de Lei N° 037/2017, de autoria do vereador Sérgio Jardim (PTB), foi aprovado de forma definitiva na sessão plenária desta segunda-feira (07/08). O projeto aprovado obriga o município a realizar periodicamente a coleta de amostras das águas dos reservatórios das escolas e creches municipais para análise de sua qualidade.

Segundo seu autor, o Poder Público precisa avaliar melhor a qualidade bacteriológica da água, proveniente de poços e da rede de abastecimento, consumida em diferentes escolas da rede pública, que possibilitará a pesquisa de coliformes totais e/ou coliformes termotolerantes (coliformes fecais) nas amostras, evitando assim, doenças como diarreia, febre tifóide, cólera, salmonelose, shigelose, poliomielite, hepatite A, verminoses, amebíase e giardíase, que têm sido responsáveis por vários surtos epidêmicos e pelas elevadas taxas de mortalidade infantil, relacionadas à água de consumo humano em várias partes do país.

A análise detalhada em laboratório especializado, terá o fito de aferir, não só a potabilidade da água para o consumo humano, mas também garantir sua qualidade com a realização de testes bacteriológicos que podem até obrigar a utilização de flúor, conforme recomendação do Conselho Regional de Odontologia do Rio de Janeiro.

“(…) Nós nunca tivemos na história de Sapucaia uma análise da água consumida pelas crianças de escolas e creches. Nosso objetivo é de garantir uma boa qualidade dessa água e proporcionar mais saúde para todos”. – disse Jardim.

Desde 2014 a cidade de Paraty, também no interior do Rio, realiza estes exames na água de escolas e creches, trazendo enormes benefícios para toda população daquele município.